Na avenida da minha vida, componho e compartilho a ferro e flores de todas as emoções, inquietações e explosões de uma jornada profunda, intensa e fascinante.
Seja Bem vindo!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Vida que segue...

Hoje fui num barzinho excelente. Recomendo! O nome é Mini Teatro. Fica na praça Roosevelt, aqui em São Paulo. Em cima tem um teatro e embaixo é um bar... Sensacional o lugar! Música das melhores, piadas, encenações, improviso... Muitas risadas... Momentos esses que me fazem refletir tanto... Eu amo a noite, principalmente a noite daqui das minhas bandas... É uma noite com diversidades e curiosidades. Fico pensando que tanta coisa poderia ser diferente, que tantos sonhos poderiam se tornar realidade, que tantas coisas que penso nessas noites de reflexão, poderiam passar de reflexões apenas...
Uma palavra dita, a leitura de um texto, podem nos fazer ver o que talvez deveria ser evidente, mas não é bem assim: talvez por ser inquietante demais é melhor que fique embaixo do tapete da sala, lá debaixo da nossa resignação.
Íamos acreditando que o amor não pode ser servidão. De que em qualquer fase do relacionamento deveríamos apostar em nós. Era necessário abrir novas portas e se preciso, derrubar algumas...
Necessário mesmo seria assumir decisões, instaurar uma nova ordem as coisas, rever pontos de vista e firmar acertos. Tantas coisas nem seriam faladas, mas tácitas. Outras muitas coisas precisavam ser faladas e trabalhadas em conjunto, se tudo fosse real.
Era possível uma nova maneira de existir em parceria, mas isso perturbava.
Já houveram questionamentos, se tudo não deveria permanecer como estava antes: na mornidão aceita do dia a dia e das ilusões podadas.
"E agora, o que faremos?" pensavam, assustadas ou entusiasmadas.
Cada uma faria ou não faria o que achasse melhor, mais viável e mais sensato... Para uma, era melhor deixar tudo como estava. Para a outra, nada mais seria a mesma coisa... Mas para ambas, não questionar os fatos, ainda que pudessem ser alterados, era um modo de ainda se gostarem e de se sentirem vivas!

23 comentários:

  1. só precisamos disso amiga!
    seguir...
    bjo minha querida.

    ResponderExcluir
  2. owww que saudades dos barzinhos por ai. era tão legal juntar os amigos e bater papo até perder a hora!
    boa dica!
    boa semana pra vc! bjs

    ResponderExcluir
  3. Mayra...
    Retribuindo o beijão e avisando que se EU gostasse de beber juro que iria a esse TEATRO... hehehehe
    Óiê eu que tonto.....

    Otrô bejão
    Tatto

    ResponderExcluir
  4. Alguma coisa sempre nos acorda pra vida. Um estrondo ou mesmo uma pena de um anjo descuidado que pousa silenciosamente no chão. É só estarmos atentos: nos tempos bons e nos tempos nem tão bons, há sempre algo nos dizendo alguma coisa.

    Boa segunda.

    ResponderExcluir
  5. Um dos meus planos pro próximo ano é conhecer SP!!!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mayra! Menina, que lugar legal esse. Preciso conhecer. Aliás, bem que a gente podia fazer um encontro de desvirtualização paulista né? ;)
    Gostei do seu vôo de pensamento...
    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Olá, Mayra!
    Não só pensar, mas tomar decisões, assumir o controle de nossas vidas e guiar nossos destinos é fundamental. Viver é risco!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  8. A noite é muito legal, com boas companhias é claro.
    Quanto ao amor, cumplicidade sim, porém, servidão nunca!
    Amor é tesão, paixão, trangressão, loucuras, muita safadeza e prazerrrrrrrrrrrrrrr!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Mayra querida,
    Suas reflexões a cerca do amor são sempre muito adequadas.
    Quanto que queremos e quanto complicamos quando se fala do coração ...
    Legal o barzinho, cada vez que você fala de Sampa fico me pinicando toda, rs...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. êita que SAMPA não tem igual... Já te contei, Mayra, que tenho uma irmã que mora aí já faz uns 30 anos? O que mais gosto quando vou visitá-la é exatamente dessa diversidade (pra todos os gostos, tribos...) existente! SAMPA pulsa até altas horas...a vida cultural é ríquissima, e sempre, sempre tem coisas e lugares novos prá se descobrir.
    Beijuuss iluminados n.c.

    ResponderExcluir
  11. Belo post.
    Obrigada pela visita e pelo carinho querida!
    Tenha uma ótima semana!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  12. O amor não resulta se for servidão. Uma relação só pode viver em autenticidade quando é questionada e dialéctica...
    Gosto sempre muito de ler os seus textos...
    Carinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi Má!

    Belas palavras contidas nesse texto!

    Vim agradecê-la, de todo coração, por tudo que você disse lá no blog, por suas palavras, seu carinho, seu sentimento sincero. De verdade, e sempre, o meu MUITO OBRIGADA!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  14. Ah, você leu um post da Elaine sobre backup do blog? Se não leu, da uma passadinha lá, achei super importante. http://www.elainegaspareto.com/2010/12/como-proteger-meu-blog-de-ser-excluido.html

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Mayra querida !
    Passa no meu bloguinho tem um presente pra vc !!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Mayraaaaa,
    Passa no meu blog, tem um presentinho pra vc!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Sou grande adepto de bares...

    Pena esse ser tão longe...

    Beijinho

    ResponderExcluir
  18. Olá Mayra
    Adoro a noite de São Paulo, sempre que vou aí, passo pela praça Roosevelt, acho os bares de lá o maior astral.
    Bjux

    ResponderExcluir
  19. QUANDO A GENTE RESOLVE DIVIDIR A VIDA...MOMENTOS TRISTEZAS ALEGRIAS ENFIM TUDO...DEVEMOS MESMO SABER EXATAMENTE O QUE QUEREMOS DELA..JUNTOS ..OU SE SERA MELHOR SEPARADOS...TEMOS QUE CHEGAR A ESSA CONCLUSÃO TENTANDO PELO MENOS SER FELIZ...NÃO TOTALMENTE POIS NINGUEM É MAS PELO MENOS ESTANDO NA MESMA SINTONIA..MESMO OBJETIVO DE VIDA..MAS A TEMPERATURA TEM QUE ESTAR EM SINTONIA..SE MORNA MORNA SE FRIA FRIA..SE QUENTE QUENTE..CASO NÃO ESTEJA O MELHOR MESMO É MUDAR DE ESTAÇÃO NÉ??FUI CONFUSA NÉ??MAS SEI QUE VOCE VAI ENTENDER BJS
    OTILIA

    ResponderExcluir
  20. ps ..obrigada por sempre ter estado la comigo ...estou sempre por aqui viu?
    bjs
    otilia

    ResponderExcluir
  21. Otilia,
    Eu que agradeço seu carinho de sempre.
    Não sei o que está havendo, mas não consigo entrar no seu blog mais. Aconteceu algo?
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Nossa mayra vc falando assim da ate vontade de ir conhecer Sampa rsrsr pena que eu não bebo, mas nada impede de conhecer lugares assim maravilhosos beijos...

    ResponderExcluir
  23. Oi Mayra! Que saudade! Adorei sua visita ap meu blog!!
    Adorei a dica do barzinho em SP!! Ano que vem estarei por lá e já estou anotando este lugar para conhecer... eita saudade!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir